05/01/2018 02h47

Nova ministra do Trabalho foi condenada por não registrar empregados


Convidada por Temer para ocupar o Ministério do Trabalho, a deputada federal Cristiane Brasil (PTB/RJ) foi condenada por manter funcionários sem registro, entre outras irregularidades. Dois motoristas recorreram à Justiça do Trabalho para ter reconhecido o vínculo empregatício e cobrar direitos, como o pagamento de horas extras. Os motoristas chegaram a ter jornadas de 15 horas diárias!

Em um dos processos, a deputada foi derrotada em primeira e segunda instâncias, mas o trabalhador ainda não viu a cor do dinheiro. No outro, o processo já terminou e a deputada está quitando a dívida trabalhista em parcelas.

Ironicamente, a reforma trabalhista limitou a ação da Justiça do Trabalho sob o argumento de que havia no país uma "indústria de processos". O caso dos dois motoristas é um exemplo bem acabado do importante papel da Justiça para fazer valer o mais elementar dos direitos: o vínculo empregatício.

Cristiane Brasil não registrou seus funcionários simplesmente por que não quis e por que acha que trabalhador não merece ser registrado. O que esperar de uma pessoa com esse tipo de conduta?

A condenação na Justiça do Trabalho descredencia a deputada a assumir qualquer cargo no Ministério do Trabalho. Sua nomeação como titular da pasta é um ato imoral que deve ser imediatamente revogado.

todas as notícias
|19.02.19 - Boletim - Dia 28 não tem aula nas escolas
|16.02.19 - Encontro no SinproSP amplia a mobilização para o dia 28
|15.02.19 - Boletim Em Defesa da Previdência Pública e Contra o Fim das Aposentadorias
|15.02.19 - Centrais convocam ato contra o fim das aposentadorias
|15.02.19 - Reforma da Previdência: modelo chileno deve servir de alerta aos brasileiros

Ranking de salários
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store