13/03/2018 15h03

Ensino superior: patrões fazem proposta para plano de saúde


Na rodada de negociação do ensino superior, realizada dia 12/03, a comissão patronal propôs a coparticipação de professores nos planos de saúde. Nesse regime, o usuário paga uma taxa quando faz consultas e exames, além da mensalidade.

Na redação atual, os professores contribuem mensalmente com 10% do valor do plano. Essa participação é necessária para garantir o direito de opção pela permanência temporária no plano em caso de demissão.

Desde o início das negociações, os representantes patronais insistiam na retirada da cláusula. Eles defendiam que o benefício deveria ser opção e não uma obrigatoriedade dos mantenedores.

Conquista data de 1996

O plano de saúde foi uma conquista da Campanha Salarial de 1996. Desde então, a redação sofreu alterações, mas o direito acabou mantido. A mudança na cláusula foi uma das principais questões nas as negociações salariais de 2017. Ao final, a Convenção acabou assinada por dois anos, mas com o compromisso de que essa cláusula seria rediscutida em 2018.

Outras poucas cláusulas sociais também terão que ser rediscutidas: bolsa de estudo nos cursos de Medicina, Direito, Odontologia e Psicologia, creche e indenização adicional na demissão do professor com mais de 50 anos (atualmente, quem tem mais de 50 anos e pelo menos um ano de serviço, recebe uma indenização corresponde a 15 dias de salário).

Reajuste e manutenção das cláusulas

Na negociação do dia 12 os representantes dos professores e auxiliares voltaram a insistir na renovação da Convenção Coletiva por mais dois anos e no aumento real de salários, além da reposição inflacionária.

O custo de vida acumulado desde a última data base é de 2,2%. Este percentual corresponde à média de três indicadores: ICV-Dieese, INPC-Ibge e IPC-Fipe. A média tem sido o critério adotado nas negociações dos últimos anos para a reposição inflacionária.

Campanha unificada

A campanha salarial é unificada no estado envolve 25 sindicatos e é coordenada pela Federação dos Professores do Estado de São Paulo (Fepesp)

Com informações da Fepesp

PRÓXIMA ASSEMBLEIA: 17/03, ÀS 9H, NO SINPROSP

todas as notícias
|17.07.19 - 3ª Oficina de preparo vocal será realizada em 27 de julho no SinproSP
|16.07.19 - Sua contribuição previdenciária vai aumentar
|15.07.19 - Laureate deve explicar demissões e negociar com o SinproSP
|13.07.19 - Quantos anos você vai trabalhar a mais?
|12.07.19 - Nova forma de cálculo reduz valor das aposentadorias, mesmo para as mulheres

Atualize seus dados no SinproSP
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store