08/05/2019 18h49

Professores da Oswaldo Cruz decidem por ação coletiva contra a faculdade


Em assembleia realizada na tarde de hoje, 08/05, no SinproSP, os professores das Faculdades Oswaldo Cruz decidiram cobrar na Justiça do Trabalho o descumprimento de acordo que a Instituição havia feito para pagar valores devidos ao corpo docente. A ação será coletiva, feita pelo departamento jurídico do Sindicato.

No final de 2018, o SinproSP convocou a FOC ao Foro de Conciliação de Conflitos Coletivos para cobrar o 13º de 2018, depósitos em atraso do FGTS e diferenças referentes aos salários do final de 2017. Segundo o cronograma apresentado pela mantenedora no dia 09/01 e enviado pelo SinproSP a todos os professores, os valores devidos seriam pagos em 9 parcelas, a partir da folha de pagamento de março de 2019. A mantenedora também se comprometia a parcelar o FGTS junto à Caixa. (confira aqui)

Como o 13º de 2018 não foi pago, assim como os depósitos em atraso do FGTS não foram resolvidos, no início de maio, os professores da FOC foram convocados para assembleia , que acabou realizada neste 08 de maio.

todas as notícias
|13.09.19 - Demissões no ensino superior em debate na Câmara dos Deputados
|13.09.19 - Colabore com pesquisa sobre práticas socioambientais nas aulas de Geografia
|12.09.19 - Vem aí uma nova reforma trabalhista e sindical
|11.09.19 - Justiça manda Dória devolver apostilas confiscadas
|06.09.19 - Modelo de EaD no Brasil prioriza lucro e empresas de Educação

Atualize seus dados no SinproSP
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store