14/05/2019 02h51

Greve Geral da Educação recebe apoio de pais e alunos


Cartas abertas assinadas por grupos de mães e pais de alunos em apoio à Greve Nacional da Educação têm sido divulgada nos últimos dias e reflete a adesão crescente ao movimento.

O 15 de Maio nasceu como um dia de paralisação dos professores e demais trabalhadores de todo o país, das redes pública e privada, para protestar contra a reforma da Previdência. A proposta foi encaminhada pela CNTE, entidade nacional dos trabalhadores em Educação Básica da rede pública e, em seguida, pela Contee, a confederação nacional dos trabalhadores na rede privada.

Entretanto, os sucessivos ataques à Educação desferidos pela Presidência da República e seus ministros amplificaram os protestos. Não faltaram motivos: demonização da Escola e dos professores e incitamento às gravações; ataque às Ciências Humanas, corte nas bolsas de estudo e nas verbas destinadas à educação básica e ao ensino superior.

Assim, a luta contra o fim das aposentadorias e da Seguridade Social expandiu-se também para a defesa da Educação e ganhou a adesão e o apoio de outros segmentos da sociedade, como o movimento estudantil e grupos de mães e pais de alunos de escolas particulares, como se vê nas manifestações divulgadas nesta semana. Veja aqui:


♦ Nota e abaixo-assinado do grupo InterEscolas em apoio à Greve Nacional da Educação

♦ Comunicado do Colégio São Domingos em defesa da Educação

♦ Carta dos alunos do 9º ano e Ensino Médio do Colégio São Domingos

♦ Carta de apoio à greve de 15 de maio de grupo de pais do Colegio Equipe

♦ Carta do grupo de pais do Colégio Vera Cruz em apoio à Greve Nacional da Educação

todas as notícias
|16.09.19 - Escola Sem Partido deve voltar à pauta após reforma da Previdência
|16.09.19 - Dória fará encarte para dizer a professores de Biologia como usar as apostilas
|13.09.19 - Demissões no ensino superior em debate na Câmara dos Deputados
|13.09.19 - Colabore com pesquisa sobre práticas socioambientais nas aulas de Geografia
|12.09.19 - Vem aí uma nova reforma trabalhista e sindical

Atualize seus dados no SinproSP
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store