Geral

Negritude, feminismo e educação

Atualizada em 23/11/2018 01:16

Para marcar o Dia da Consciência Negra, o SinproSP recebeu para um debate, dia 21/11, a advogada Helen Fabiola de Moraes, militante dos movimentos negro e de mulheres.

Num clima de muita interação com a plateia, Helen falou sobre negritude, machismo, movimento negro, feminismo e o recorte que trata da mulher negra na sociedade atual. Embora reconheça avanços, ela salientou as dificuldades de ser mulher e ser negra e falou da importância da Educação para a construção de uma sociedade que reconheça a diversidade e que garanta os mesmos direitos a todos.

Confira o debate que celebrou não só o Dia da Consciência Negra , mas valores fundamentais como direitos humanos, democracia, igualdade e respeito.