Geral

Demissões na Laureate: plano de saúde é estendido até 19/02

Atualizada em 18/01/2019 16:30

Todos os professores da Laureate que foram demitidos em dezembro terão direito ao plano de saúde até 19/02, nas mesmas condições existentes durante a vigência do contato de trabalho. Nas homologações da rescisão contratual, que serão feitas no Sindicato entre os dias 24/01 e 15/02, o SinproSP realizará um levantamento entre os professores que deve nortear as negociações sobre a manutenção do plano de saúde por mais tempo.

Demissões

No dia 19 de dezembro, a Laureate demitiu um grande número de professores do EaD. Segundo estimativas dos próprios professores, as demissões chegariam a 100 docentes entre os 150 contratados. No dia 20, o SinproSP reuniu-se com um grupo de professores para definir estratégias contra os cortes patrocinados pelo grupo americano e que têm se tornado frequentes nos finais de anos .

No dia 11 de fevereiro será realizada uma audiência pública na Assembleia Legislativa, marcada pelo deputado Carlos Giannazzi. Será um ato de protesto contra as demissões em massa que foram facilitadas pela reforma trabalhista.