Geral

Cresce movimento contra a ′Escola Sem Partido′

Atualizada em 07/07/2016 11:22

A cada dia ganha mais corpo a luta contra os projetos de lei do movimento ′Escola Sem Partido′, que se multiplicaram em todo o país.

Um manifesto intitulado ′Em defesa da liberdade de expressão na sala de aula′ foi redigido pelo professor Fernando de Araújo Penna (UFF) e subscrito por mais de 160 entidades ligadas à Educação - associações, sindicatos, comunidades científicas etc. O documento deveria ter sido lido na audiência pública sobre liberdade de expressão na sala de aula, marcada, a pedido do Senador Cristovão Buarque,para o dia 07/07 na Comissão de Educação do Senado.

Manifesto em defesa da liberdade de expressão na sala de aula

A sessão, entretanto, acabou cancelada algumas horas antes. Uma lacônica nota da Agência Senado divulgada as 11h20 do dia 07 atribuía o cancelamento ao Senador Romário (PSB-RJ), presidente da Comissão de Educação. Antes mesmo da divulgação da nota, o Sinpro-SP enfrentou um verdadeiro jogo de gato e rato para descobrir quem, efetivamente, tinha pedido a suspensão da audiência.

Leandro Karnal vira sensação na internet

Entrevistado no programa Roda Viva (04/07), o professor da Unicamp, Leandro Karnal, foi brilhante ao ser perguntado sobre o ′Escola Sem Partido′. Sua resposta viralizou na internet e provocou a ira dos defensores da Lei da Mordaça. Assista ao vídeo:

Frente Nacional contra o Projeto ′Escola Sem Partido′

No próximo dia 13 de julho, às 10h, será realizada a cerimônia de lançamento da Frente Nacional contra o Projeto ′Escola Sem Partido′. O evento ocorreá no Rio de Janeiro, no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ.