Ensino superior

Professores da UniSant′Anna aprovam acordo para pagamento dos atrasados

Atualizada em 30/01/2018 16:57

Reunidos em assembleia, na tarde de segunda-feira, dia 29, os professores da UniSant′Anna aprovaram o acordo de pagamento dos salários atrasados. A proposta será homologada no Tribunal Regional do Trabalho, na audiência de 31 de janeiro.

O acordo apresentado pelos novos mantenedores prevê a quitação integral da dívida com os professores (segunda parcela do acordo firmado no TRT em 2017, salários de outubro, novembro e 13o) em quatro parcelas: 15 de março, 15 de abril, 15 de maio e 15 de junho. Os patrões também garantiram que a partir de agora não haverá mais atraso nos salários.

Na proposta ficou estabelecida uma multa em caso de atraso ou não pagamento: todas as parcelas faltantes vencem automaticamente e serão acrescidas de multa no valor de 10%.

Além disso, o acordo também garante a regularização do recolhimento do fundo de garantia a partir do salário de janeiro. Já sobre os valores atrasados do FGTS, os patrões se comprometeram a dar entrada em um parcelamento junto a Caixa Econômica Federal, a partir de abril.

Ainda no acordo, ficou acertado que nenhum professor sofrerá qualquer tipo de retaliação pelo movimento de greve.

A proposta aprovada pelos professores será homologado durante audiência no Tribunal Regional do Trabalho na quarta-feira, 31.

Reposição de aulas

Também ficou acordado que as aulas do segundo semestre de 2017 devem ser repostas. O calendário será apresentado e discutido com os professores em breve.