Geral

Veja como foi a rodada de negociação com o Sesi/Senai no dia 04/12

Atualizada em 04/12/2018 18:21

Aconteceu na última quarta-feira, dia 04 de dezembro, uma rodada de negociação com o Sesi/Senai. Foi a primeira reunião depois que a pauta de reivindicações foi entregue, em novembro.

Em resposta à proposta apresentada pela Fepesp e os Sindicatos, o representante patronal, José Roberto Melo, diretor de Recursos Humanos do Sesi e Senai, comprometeu-se a manter todas as cláusulas que já fazem parte do atual Acordo Coletivo de Trabalho, mas afastou a possibilidade de discutir reivindicações que, representam segundo suas palavras, “aumento de custos para o sistema”. Segundo o diretor de RH, restaria discutir , a partir de janeiro, as cláusulas de natureza econômica – o índice de reajuste dos salários e dos vales alimentação e refeição.

A comissão que representa os professores, formada pela Fepesp e sindicatos, insistiu nas outras reivindicações e destacaram as propostas para blindar a categoria dos efeitos nefastos da reforma trabalhista. “Há cláusulas na nossa pauta de reivindicações que protegem as professoras e os professores do contrato intermitente e também da terceirização, por exemplo, e que não representam gastos extras para o Sesi e o Senai; ao contrário, são fundamentais para continuar garantindo a qualidade de ensino. Reforçamos a necessidade de que essa proteção seja avaliada com seriedade”, conta Celso Napolitano, presidente da Fepesp e que participou da reunião.

A próxima rodada de negociação já está marcada para 18 de dezembro, terça-feira.