Geral

Dissídio coletivo da Educação Básica já tem relator

Atualizada em 08/08/2019 17:15

O Tribunal Regional do Trabalho sorteou o relator do processo de dissídio coletivo da Educação Básica : será o desembargador Carlos Roberto Husek. Caberá a ele analisar o processo com base nas reivindicações dos professores e nos argumentos das escolas e emitir um parecer, sugerindo o que deve ser concedido ou não.

O julgamento da ação é feito pelos dez desembargadores que compõem o tribunal pleno da Sessão de Dissídios Coletivos do TRT. O parecer pode orientar o voto de cada um desses desembargadores. A data do julgamento ainda não está marcada.