Geral

Dória fará encarte para dizer a professores de Biologia como usar as apostilas

Atualizada em 16/09/2019 16:36

Apesar de não cumprir o prazo de 48 horas para devolver as apostilas que mandou confiscar, o governador Dória informou à imprensa, no dia 13/09, que elas voltarão para os alunos com um encarte que explica aos professores e estudantes como o material deve ser usado.

É isso. O governador, que deu uma demonstração explícita de ignorância ao misturar "identidade de gênero" com "ideologia de gênero", quer ensinar aos professores de Biologia como trabalhar conteúdo e usar material didático.

Dória disse também que não recorreria da decisão da juíza Paula Fernanda de Souza Vasconcelos Navarro por preferir o diálogo. Não é verdade. O governador sabe bem que não teria chances na Justiça porque sua ação foi ilegal, já que ele determinou o confisco pelo twitter e não por ato oficial publicado no Diário Oficial.

Mais uma vez, o governo Dória dá um exemplo de como jogar dinheiro público no lixo: manda imprimir encartes para disfarçar seu ato irresponsável e se arrisca a uma multa diária ao descumprir o prazo determinado pela Justiça. Deveria pagar tudo do próprio bolso.


Leia também:

Justiça manda Dória devolver apostilas confiscadas (11/09/2019)

De olho em 2022, Dória e Bolsonaro atacam abordagem de gênero nas escolas (04/09/2019)