A importância de ser filiado ao SinproSP

No Brasil, a filiação a um sindicato é um direito garantido pela Constituição. É também um ato voluntário ou seja, o trabalhador precisa manifestar a sua vontade de se associar ao sindicato que o representa.

Por outro lado, todos os trabalhadores se beneficiam da ação sindical. Os direitos da Convenção Coletiva são um bom exemplo. Bolsas de estudo, garantia semestral de salários, recesso de trinta dias, estabilidade às vésperas da aposentadoria, são garantidos para todos os trabalhadores, filiados ou não ao SinproSP. Então, por que é importante se sindicalizar?

Antes de mais nada, porque a sindicalização dá a certeza de pertencimento a uma categoria profissional. Essa identidade coletiva, de classe, é essencial para a valorização e a defesa da atividade docente.

Além disso – e não menos importante – o Sindicato mantém a seus associados um a série de serviços sem custo adicional ou a preços muito acessíveis: advogados nas áreas trabalhista e previdenciária, tratamento de voz com fonoaudiólogas, plano de saúde, colônia de férias entre outros.

Por último, a filiação também fortalece o SinproSP e reafirma a entidade como um patrimônio político e simbólico das professores e dos professores que lecionam na rede privada de educação básica e superior, na cidade de São Paulo.

Por isso, é muito importante filiar-se ao Sindicato. Se você ainda não é filiado ao SinproSP, sindicalize-se aqui.

Como o SinproSP é mantido
O SinproSP foi o primeiro sindicato brasileiro a ter como principal fonte de receita a contribuição das professoras e professores sindicalizados, sem a cobrança compulsória de taxas.
Esse projeto, iniciado numa assembleia histórica em 1998, estava baseado no princípio de que a categoria reconhece a importância do Sindicato e se dispõe a mantê-lo, de forma consciente e livre.
Esse ato de vontade política tem sido reafirmado todos os anos, na assembleia de previsão orçamentária realizada sempre no mês de novembro. Nela, a categoria decide como o SinproSP deve ser mantido no ano seguinte e de que forma os recursos serão empregados.
Até 2019, professoras e professores sindicalizados contribuem com 1% do salário, descontados da folha de pagamento entre os meses de abril e dezembro. A autorização para o desconto é feita no momento da sindicalização.