Campanha salarial

Negociações no ensino superior voltam à estaca zero

Atualizada em 08/05/2018 18:32

Em nova reunião de negociação, dia 07/05, a comissão patronal descartou qualquer possibilidade de aumento real nos salários e limitar o auxilio creche a 12 meses. Quanto ao plano de saúde, os representantes das Mantenedoras continuam defendendo a coparticipação. Para os sindicatos,a mudança exige garantias aos professores e uma compensação, por meio de aumento real no salário. Confira o mais recente boletim da Campanha Salarial Unificada, produzido pela Fepesp: