SinproSP

Oficina sobre os cuidados para saúde vocal é destaque no 5º CONED

Atualizada em 13/05/2004 16:54

A oficina “Os cuidados para saúde vocal do professor”, ministrada pela fonoaudióloga do SINPRO-SP, foi um dos destaques do 5º Congresso Nacional de Educação (CONED), realizado entre os dias 2 e 5 de maio, na Universidade Federal de Pernambuco.

A superlotação da sala reservada para a oficina já indicava o quanto tema despertara interesse. “Ficou clara a falta de informação dos participantes sobre os problemas, sobre as formas de prevenção e também as condições inadequadas de trabalho às quais estão submetidos. Talvez isso explique a ansiedade de todos pelas informações disponibilizadas durante a apresentação”, afirma Fabiana Copelli Zambon, responsável pelo Programa de Saúde Vocal do Sindicato.

Foram muitas as perguntas feitas, as orientações solicitadas. Na avaliação de Fabiana, a falta de esclarecimentos dos educadores presentes reflete a preocupante realidade de que boa parte dos professores ainda não sabe como prevenir e como cuidar dos problemas ligados à saúde vocal, não tem sequer conhecimento de que são as principais vítimas da disfonia ocupacional (doença que causa distúrbios da voz devido ao seu uso contínuo e inadequado). “Tínhamos a referência de São Paulo, que é preocupante, mas o contato com os educadores de outras regiões, principalmente do Nordeste, mostrou que a desinformação sobre essa questão é geral. Foi muito gratificante ter tido a oportunidade de colaborar, levando orientações”, explica da fonoaudióloga.

A quinta edição do Congresso Nacional de Educação, cujo tema foi “Educação Não é Mercadoria”, contou com 2.642 participantes entre representantes de entidades acadêmicas, científicas, estudantis, profissionais, sindicais, de movimentos sociais e populares. Veja Carta do 5º CONED.