Geral

Vamos juntos pra Greve Geral, dia 30/06

Atualizada em 08/06/2017 18:11

Uma reunião do Fórum Nacional das Centrais Sindicais, realizada na segunda-feira (05), confirmou nova paralisação nacional para o dia 30 de junho.

Mais uma vez, a indicação da diretoria do SinproSP é pela adesão de toda a categoria, a exemplo do que ocorreu com a vitoriosa participação no dia 28 de abril.

A data escolhida para a greve nacional - 30/06 - ocorrerá em meio à votação da reforma trabalhista (PLC 38) pelo Senado. No dia 08, um acordo estendeu a discussão nas comissões durante todo o mês de junho, o que poderá empurrar a votação no Plenário para o início de julho. Esse calendário torna a mobilização do dia 30 ainda mais importante.

A pauta do movimento foi ampliada. Além da luta contra as reformas das leis trabalhistas e da Previdência Social, a manifestação é por eleições diretas já.

Participação dos professores

Na greve nacional do dia 28, os professores da rede privada de São Paulo tiveram uma participação de grande destaque. Não foi fácil enfrentar a pressão dentro das escolas e mesmo assim, mais de 300 escolas pararam no histórico dia 28.

Desta vez, a greve será realizada num dia em que boa parte da categoria está iniciando suas férias coletivas. Diga-se de passagem, um direito da Convenção Coletiva ameaçado pela reforma trabalhista. Tudo favorece e estimula uma participação ainda maior dos professores no movimento.

O SinproSP está produzindo material e vai manter um canal de comunicação direto com a categoria. A partir do dia 09, o Fórum das Centrais volta a se reunir para detalhar as ações preparatórias para garantir uma paralisação ainda maior do que ocorreu em 28 de abril. Esse detalhamento orientará as ações dos sindicatos, inclusive do SinproSP.