SinproSP

Não se deixe enganar: o reajuste é de 16,42% retroativo a março de 2003

Atualizada em 04/03/2004 16:53

O sindicato das escolas, em mais de uma de suas invencionices, está recomendando aos seus associados, como prova de que “os salários dos professores não estão congelados”, a aplicação do índice de reajuste de 13%, pagos de forma parcelada, índice este que foi negociado com a FETEE.

Ora, foi justamente porque os professores não aceitaram esses 13% que fomos à Justiça. E foi a própria Justiça que determinou o que o nosso reajuste é de 16,42%.

Os professores devem ficar muito atentos: aceitar uma redução do índice conquistado é sacramentar a safadeza das escolas e condenar o salário a uma perda irrecuperável de seu poder de compra, já que a base estaria comprometida com a aplicação de um índice que não reflete a inflação do período da data-base até fevereiro de 2003.

Se sua escola está entre aquelas que, irresponsavelmente, segue a orientação do Sieeesp, não esconda sua indignação: reivindique seus direitos.