Ensino superior

Demissões na Unicsul: Justiça marca audiência para 30/07

Atualizada em 28/07/2020 15:10

Texto atualizado em 29 de julho de 2020, às 20h39.
O Tribunal Regional do Trabalho convocou a Universidade Cruzeiro do Sul e o SinproSP para uma audiência na próxima quinta-feira, 30 de julho, às 10h, em ação proposta pelo SinproSP que questiona a dispensa de quase 30% do corpo docente no final de junho, no último dia de atividades letivas.

Para o Sindicato, o corte está relacionado a um projeto de reestruturação administrativa e pedagógica e não à pandemia. A possibilidade de ampliar as aulas a distância em até 40% nas graduações presenciais, criada pela portaria do MEC em dezembro de 2019, foi decisiva para acelerar as mudanças que já estavam em curso dentre da instituição.

O fato de as demissões terem sido feitas durante a pandemia tornam a decisão da Unicsul ainda mais cruel e desrespeitosa com o corpo docente e os estudantes.

A ação foi ajuizada dia 1º de julho e desde então, o SinproSP aguardava a data da audiência. Ela acabou marcada depois da notificação da Unicsul e de encerrado o prazo para manifestação da Instituição ao Tribunal.

O Sindicato divulgará o resultado da audiência, que será remota, depois que ela se encerrar