Ensino superior

Demissões na Unicsul vão à julgamento

Atualizada em 31/07/2020 22:31

Terminou sem acordo a audiência com a Universidade Cruzeiro do Sul no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), realizada por meio virtual na quinta-feira, 30 de julho. A ação foi suscitada pelo SinproSP depois da dispensa de quase 35% dos professores no fimal de junho.

o SinproSP considerou tratar-se de uma demissão em massa, agravada pelo fato de ter ocorrido em meio à pandemia. Por isso, o Sindicato pede, na ação, a reintegração dos professores.

A mantenedora reconheceu as demissões e não apresentou nenhuma proposta que pudesse vir a ser analisada pelos professores. Alegou apenas que já concedeu três meses de plano de saúde.

Diante da postura da Unicsul, não houve outro caminho a não ser dar prosseguimento à ação. O julgamento ainda precisará ser marcado pelo Tribunal.