Coronavírus

O samba da professora na pandemia

Atualizada em 23/11/2020 21:50

Bombou. Um samba composto pela professora e coordenadora do curso de Terapia Ocupacional da Unifesp, Stella Nicolau, conseguiu traduzir com perfeição e bom humor a rotina estafante dos professores com o ensino on-line. "É google meet, é aula síncrona e assíncrona, é uma novela pra compartilhar a tela, é o aluno que não liga o microfone: abre essa câmara e me diga o se nome!". Quem não?

Ela conta que compôs  o samba num dia em que "estava de saco cheio" com a sobrecarga de trabalho. Dona de uma voz muito afinada e graciosa, a professora gravou um vídeo com a participação do músico Felipe Bemol, que entrou com voz, violão e tamborim. O resultado não podia ser outro: um samba gostoso de cantarolar e que reflete muito bem o "maremoto do ensino remoto". Confira: