Coronavírus

Secretários de Saúde pedem mais rigor e defendem suspensão de aulas presenciais

Atualizada em 01/03/2021 21:08

O Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde – Conaes divulgou hoje, dia 1º de março, carta aberta na qual alerta para o risco iminente colapso do sistema público e privado de saúde em todo o país. O documento pedem medidas de restrição total quando a ocupação dos leitos hospitalares for superior a 85%.

Para reduzir a circulação e evitar aglomerações, os secretários defendem a proibição de shows, eventos religiosos , bares e praias e “a suspensão das atividades presenciais de todos os níveis da educação do país”.

A carta também critica a ausência de uma coordenação nacional para impedir o avanço da pandemia e, é claro, a falta de vacinas.

Leia aqui a íntegra da CARTA DOS SECRETÁRIOS ESTADUAIS DE SAÚDE À NAÇÃO BRASILEIRA