Coronavírus

Em SP,escolas de elite usam merenda como motivo para abrir as portas na pandemia

Atualizada em 07/04/2021 15:23

Reportagem publica na Carta Capital, dia 07/04, mostra como algumas escolas, mais uma vez, afrontam as normas sanitárias de controle da pandemia determinadas pela Prefeitura. Embora o decreto municipal 60.158 tenha suspendido as atividades presenciais na rede pública e privada, algumas escolas decidiram abrir as portas.

A matéria cita as escolas HIgienópolis, Dream Kids, Global Escola Bilingue. Os três estabelecimentos constam da lista de escolas denunciadas no Sindicato. O SinproSP pediu às respectivas subprefeituras fiscalização e imediata suspensão das atividades. 

Leia aqui a repotagem completa: Em SP, escolas de elite usam merenda como motivo para abrir as portas na pandemia