Educação básica

Dissídio coletivo: relator já enviou processo para revisora

Atualizada em 25/08/2021 18:21

O relator do dissidio coletivo dos professores da educação básica, juíz Ricardo Apostólico Silva, já concluiu o seu parecer e encaminhou-o para a juiza relatora, Maria Cristina Christianini Trentini. Encerrada a revisão, o processo estará pronto para ser incluído na pauta de julgamento do tribunal pleno da Sessão Especializada em Dissídio Coletivo do TRT.

O papel do relator é analisar as reivindicações e sugerir pelo seu deferimento ou não. Esse relatório, agora submetido à juíza revisora, serviá de base para o julgamento feito pelo Tribunal Pleno, constituído por dez desembargadores.

Essa movimentação no processo é importante porque pode favorecer uma definição máis rápida sobre o reajuste e os direitos coletivos dos professores.