SinproSP

Interrompida audiência de conciliação no TRT

Atualizada em 18/03/2004 16:40

A audiência de conciliação do dissídio coletivo 2004 dos professores de educação básica e cursos livres ocorrida no dia 18 de março foi interrompida e terá prosseguimento no dia 4 de maio.

A audiência foi suspensa porque o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) não notificou os sindicatos patronais no prazo legal. Tecnicamente, este prazo (de 5 dias) serve para que todas as partes tenham tempo de preparar a sua defesa.

O juiz também determinou a unificação dos dissídios coletivos dos professores das escolas privadas de educação básica, das escolas cooperativas e dos cursos livres. Originalmente, havia três processos tramitando em separado porque existem sindicatos patronais diferentes para cada segmento (escolas privadas , cooperativas de pais e cursos livres).

Os professores já podem acompanhar o trâmite do processo diretamente no site do TRT. Acesse www.trt02.gov.br , clique em “consultas” (na barra à esquerda), depois em “processo”, em “SDC” e depois em “consulta processual”; por fim, digite o número do processo (20034200400002001).

Leia mais:
- Entenda a situação
- Perguntas e respostas dobre o dissídio coletivo