SinproSP

Aprovado acordo do ensino superior

Atualizada em 15/04/2004 16:21

Os professores aprovaram, na assembléia do dia 15 de abril, o acordo do ensino superior 2004. O reajuste será de 7,48%, pago da seguinte forma: 3% (retroativo a março de 2004) e o restante a partir junho, recompondo a base salarial dos professores para o reajuste de 2005.

O índice é a soma da reposição da inflação na data-base da categoria (março 2003 a fevereiro 2004) medido pelo ICV-Dieese (que ficou em 6,36%) e 1,05% que seria pago em agosto deste ano referente ao acordo do ano passado. “Apesar das adversidades, dos altos e baixos da inflação, a base salarial dos professores foi preservada sem perdas. É uma conquista importantíssima”, explica Luiz Antonio Barbagli, presidente do SINPRO-SP.

”A perspectiva é que o acordo seja assinado logo”, garante Celso Napolitano, presidente da Federação dos Professores do Estado de São Paulo e diretor do SINPRO-SP. “Assim, as instituições serão informadas para que repassem o reajuste já no salário de abril (pago até o 5º dia útil de maio) e também paguem a diferença do retroativo a março”, completa.

O parcelamento do reajuste deste ano foi compensado pela antecipação de 1,05% de agosto na composição do valor total do índice. O salário de julho e 1/3 das férias já terão os 7,48% completos.

O acordo aprovado restringe-se apenas à questão econômica, já que as demais cláusulas da convenção coletiva estão em pleno vigor com validade até 28 de fevereiro de 2005.