Campanha salarial

Dissídio da educação básica será julgado dia 19 de fevereiro

Atualizada em 06/02/2020 15:45

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) marcou para o dia 19, a partir das 15h,  o julgamento do dissídio coletivo das professoras e dos professores da educação básica.

A notícia, divulgada pelo TRT no final da manhã de hoje, dia 06, é extremamente importante porque define o ano de 2019 – reajuste e direitos coletivos da categoria – e norteia as negociações salariais de 2020, já que estamos à porta da data base, 1º de março.

O dissídio será julgado por dez desembargadores que integram a Sessão  Especializada em Dissídio Coletivo. Um deles foi designado relator do processo e preparou um parecer, que pode orientar o voto de cada desembargador.

O julgamento é público e vai acontecer no Tribunal Regional do Trabalho, na Rua da Consolação, 1.272. 

O SinproSP recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho em maio de 2019, autorizado por duas assembleias de professores e depois de esgotadas todas as possibilidades de negociação com o sindicato patronal, o Sieeesp.

A espera foi longa e agora, os dados estão lançados.

Entenda o que é o dissídio e por que recorremos à Justiça

 

O que o SinproSP publicou sobre o dissídio coletivo de 2019:

Entenda o que é dissídio coletivo e por que recorremos à Justiça (07/02/2020)

Dissídio Coletivo será julgado dia 19 de fevereiro (06/02/2020)

 Vídeo fala sobre processo de dissídio e Campanha Salarial 2020  (16/12/2019)

Dissídio coletivo ainda sem data de julgamento. O que pode acontecer?  (19/11/2019)

Ação de dissídio coletivo da Ed. Básica tem novo relator (30/10/2019)

Como fica a participação nos lucros ou resultados em 2019 ? (10/10/2019)

 Dissídio Coletivo: professores ainda à espera do julgamento (19/09/2019)

Julgamento do dissídio coletivo na educação básica ainda não tem data marcada  (28/08/2019)

Dissídio coletivo da Educação Básica já tem relator (08/08/2019)

Dissídio: MPT propõe blindagem contra a terceirização e manutenção da Convenção (07/08/2019)

Como ficou o dissídio coletivo da Educação Básica? (31/07/2019)

 Dissídio coletivo: advogados contestam argumentos do Sieeesp (27/06/2019)

 Educação básica: dissídio coletivo seguirá para julgamento (18/06/2019)

TRT fará nova audiência de conciliação dia 18/06 (17/06/2019)

Sieeesp recusa proposta do Tribunal (11/06/2019)

Assembleia aprova proposta do TRT e adesão à greve geral (01/06/2019)

Edital de assembleia do dia 1º de junho  (30/05/2019)

Dia 1º de junho tem assembleia no SinproSP (24/05/2019)

Dissídio Coletivo: primeira audiência de conciliação é marcada para 29/05 (21/05/2019)

Dissídio Coletivo à espera da primeira audiência  (17/05/2019)

Entenda o que é Dissídio e por que recorremos à Justiça  (17/05/2019)

Campanha Salarial: SinproSP entra com ação de Dissídio Coletivo (09/05/2019)