11/08/2016 21h17

Dia 25/08, tem audiência pública sobre o Escola Sem Partido


Por iniciativa do deputado Carlos Giannazi (Psol), a Assembleia Legislativa de São Paulo realizará, no dia 25/08, audiência pública sobre os projetos de lei do ′Escola Sem Partido′. O Sinpro-SP foi convidado a participar como representante dos professores do ensino privado.

Tramitam na ALESP três projetos de lei. Dois deles têm quase a mesma redação dos projetos de lei que tramitam na Câmara dos Deputados (PL 867/2015), no Senado Federal (PLS 193/2016) e em diversas assembleias estaduais e câmaras municipais. O terceiro (PL655/2015), do deputado Aldo Demarchi (DEM), proíbe o "proselitismo político na sala de aula".

Escola Sem Partido

Os dois primeiros projetos de lei são o PL 960/2014, do deputado José Bittencourt (PSD) e o PL 1.301/2015, do deutado Luís Fernando Machado (PSDB). Ambos instituem nas escolas públicas e privadas o ′Programa Escola Sem Partido", proíbem "a prática de doutrinação política e ideológica em sala de aula, bem como a veiculação (...) de conteúdos que possam estar em conflito com as convicções religiosas ou morais dos estudantes ou de seus pais ou responsáveis.

Os projetos de lei também exigem a fixação, em cada sala de aula, de um cartaz informando que o professor não pode abusar da inexperiência do aluno para cooptá-lo, nem favorecê-lo ou prejudicá-lo em razão de convicções políticas, ideológicas, morais ou religiosas.

Alagoas foi o primeiro Estado a sancionar uma lei com o mesmo teor. Sua constitucionalidade está sendo discutida no Supremo Tribunal Federal, por iniciativa da Contee, entidade nacional que reúne sindicatos e federações de professores do ensino privado. O Sinpro-SP é filiado e um dos fundadores da Contee.

Escola com Liberdade

No início de agosto, o deputado Carlos Giannazi apresentou um projeto de lei para se contrapor ao ′Escola Sem Partido′. A proposta institui nas escolas o ′Programa Escola Com Liberdade′, com base nos princípios constitucionais de liberdade de aprendizagem, ensino, divulgação da ciência e difusão cultural. Qualquer tentativa de cerceamento deve ser denunciada ao Conselho Estadual de Educação. Este projeto de lei também será discutido na audiência pública.

O Sinpro-SP tem lutado contra todos o movimento ′Escola Sem Partido′ e todos os projetos de lei que procuram cercear o trabalho docente. São propostas perigosas que permitem a denúncia com base em questões subjetivas e de difícil defesa. Além disso, são desrespeitosas com os professores e os desqualificam profissionalmente. Por todos esses motivos, o único destino desses projetos de lei deve ser a lata do lixo.

Audiência pública Contra o Projeto Escola Sem Partido

Dia 25 de agosto de 2016, às 19h

Assembleia Legislativa - Plenário José Bonifácio

Notícias do Sinpro-SP sobre o Escola Sem Partido:

Deputado Izalci é favorável à proposta de criminalização do professor por assédio ideológico

Conheça o projeto de lei ′Escola Com Liberdade′

Escola Sem Partido é inconstitucional, dizem AGU e MPF

Em menos de 24h, MEC nomeia e exonera apoiador do ‘Escola Sem Partido’

Lançada Frente Nacional contra o ′Escola Sem Partido′’

O empurra-empurra do ′Escola Sem Partido

Manifesto: ‘Em defesa da liberdade de expressão na sala de aula’

Cresce movimento contra o ‘Escola Sem Partido’

Leandro Karnal vira sensação na internet

Contee move ação no Supremo contra a lei que censura a atividade docente

Grupo visita MEC para defender o Escola Sem Partido

Documentário sobre a Lei da Mordaça em Alagoas (2016)

Escolas Sem Partido: quadro dos projetos de lei em tramitação

Projetos de lei que censuram e punem professores inundam o país

Onda conservadora

Post contra assédio ideológico tem mais de 4.600 compartilhamentos

Audiência pública sobre projeto que prevê cadeia para os professores

Uma bela aula sobre gênero e currículo escolar

Deputado quer pena de prisão para professores

O cartaz e a mordaça

Nota pública: Contee manifesta repúdio ao PL 867/15, o PL da Mordaça

todas as notícias
|22.08.19 - Audiência pública na Assembleia Legislativa discute Ensino a Distância
|21.08.19 - Conheça a série Ciência Para Todos
|20.08.19 - Juízes para a Democracia voltam a alertar sobre a MP da Liberdade Econômica
|16.08.19 - A liberdade econômica acima dos direitos das pessoas
|16.08.19 - Colegio Santa Maria promove debates sobre Democracia e políticas públicas

Atualize seus dados no SinproSP
Logo Twitter Logo SoundCloud Logo YouTube Logo Facebook
Plano de saúde para professores
Cadastre-se e fique por dentro de tudo o que acontece no SINPRO-SP.
 
Sindicato dos Professores de São Paulo
Rua Borges Lagoa, 208, Vila Clementino, São Paulo, SP – CEP 04038-000
Tel.: (11) 5080-5988 - Fax: (11) 5080-5985
Websindical - Sistema de recolhimentos
Baixe o APP na Google Play Baixe o APP na Apple Store